Informações e novidades batendo na sua porta

Entregador complemente sua renda e pare de passar sufoco!

Ser um entregador pode ser uma das fugas contra o desemprego

Empresa de entregas pode trazer solução para desemprego em São Paulo

Atualmente, segundo o IBGE, o estado de São Paulo possuí cerca de 3.7 milhões de desempregados, sendo que destes, aproximadamente 2 milhões estão apenas na Grande São Paulo.

Uma empresa de logística de entregas por aplicativo, baseado em crowdshipping, promete oferecer oportunidade para estas milhões de pessoas desempregadas. Através da plataforma da startup OneDoor, qualquer cidadão aprovado, pode se tornar um entregador. Ela permite que as entregas sejam feitas de qualquer forma, usando qualquer veículo e no horário que os colaboradores quiserem. Dessa forma, qualquer pessoa desempregada tem a oportunidade de ter uma renda ou aumentar sua renda.

Para que o cidadão se torne um entregador, a OneDoor exige que sejam enviados alguns documentos, como o RG e a CNH (em caso de veículos automotores), após o cadastro, a empresa analisa e verifica os mesmos. Se o cidadão for aprovado, ele recebe um material para aprender a utilizar o aplicativo da empresa e então pode começar a ganhar dinheiro realizando entregas.

Existem dois tipos de entregadores, aqueles que entregam na cidade e os que viajam levando as encomendas de um lugar a outro. Em ambos os casos, o cadastrado poderá escolher o quer levar e receberá por cada pacote.

A plataforma não possuí requisitos mínimos para os veículos cadastrados, dessa forma, a empresa permite uma democratização do serviço de motoristas de aplicativo, permitindo que qualquer pessoa apta possa realizar entregas. Seguindo nessa lógica, a startup espera gerar oportunidade para milhares de brasileiros e ainda oferecer ao Brasil, o acesso a um sistema de entregas digno, que a empresa acredita que todos deveriam ter. Ficou interessado? Cadastre-se no site e comece a realizar entregas!

About the author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *